Começa no dia 6 de julho o Rio Festival de Gênero & Sexualidade no Cinema, um festival dedicado à exibição de filmes de gêneros e sexualidades LGBTQIA + (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais/ Travestis/ Trangêneros, Queers, Intersexuais, Assexuados e outros mais). A abertura desta sétima edição do festival acontece no Cine Odeon e é marcada pela exibição, às 20h, do documentário Luana Muniz – Filha da Lua, de Rian Córdova e Leonardo Menezes, que narra a história da famosa travesti que criou polêmica ao usar o bordão “Travesti não é bagunça” na TV.

A programação traz quase 100 filmes em cartaz entre ficções, documentários, animações e experimentais, longas e curtas, brasileiros e internacionais. Nos Panoramas Nacional e Internacional estreiam longas como o brasileiro A Cidade do Futuro, que fala sobre um trio que formará uma família fora dos padrões, o australiano Something Like Summer, musical sobre uma história de amor verdadeiro e a animação americana Torrey Pines, baseada em uma história real de uma aventura  cross-country que muda para sempre uma família. Além dos Panoramas,  são realizadas as mostras de Curtas Cariocas, Curtas Experimentais, Filmes Espanhóis, Curtas Itália, Curtas Argentina e Curtas Pernambuco, além de realizar uma sessão única de Curtas de Terror.

O evento vai até o dia 16 e acontece nos espaços Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro, Centro Cultural Justiça Federal, Instituto Cervantes do Rio de Janeiro, Cine Arte UFF e Cine Joia.

Para saber mais informações, acesse o site do FG&S ou sua página oficial do facebook.