O Ministério da Cultura (MinC) divulgou nesta sexta-feira (27) o resultado preliminar da fase de seleção e homologação do edital de Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos Propostos por Novos Roteiristas. O objetivo da iniciativa é apoiar o desenvolvimento de 12 roteiros cinematográficos inéditos, originais, de longa-metragem ficção (70 a 120 páginas), com temática livre. Cada um dos selecionados receberá R$ 40 mil.
A portaria preliminar de seleção e habilitação foi publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União, seção 1, páginas 52 a 63. No entanto, devido a uma falha de diagramação por parte da Imprensa Nacional, a disposição das tabelas foi alterada, prejudicando parcialmente o entendimento do conteúdo na portaria.
Por esse motivo a portaria será republicada para ajustes da formatação, sendo mantido o prazo de recurso de 30/10 a 03/11. Os recursos deverão se feitos por meio de formulário disponível nesta página, o qual deve ser enviado para o endereço eletrônico concurso.sav@cultura.gov.br. Não serão admitidas documentações complementares nem retificações dos documentos apresentados na inscrição.
O edital de Apoio ao Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos Propostos por Novos Roteiristas é um dos cinco editais lançados em julho deste ano pelo Ministério da Cultura, por meio do Programa Nacional de Fomento ao Audiovisual (Proav). Também foram lançados editais para Curtas-Metragens (parte destinada a diretoras mulheres), Juventude Vlogueira, produção de aplicativos e jogos eletrônicos (App pra Cultura) e apoio a festivais e mostras audiovisuais.
No total, os cinco editais destinarão mais de R$ 8,6 milhões para 135 projetos do setor audiovisual. Desde 2011, o MinC não lançava com recursos próprios um pacote de editais tão amplo para o setor de audiovisual.
Ao todo, foram inscritos 1232 projetos para o edital de Novos Roteiristas, 1055 para o de Curtas-Metragens, 149 para o de Festivais e Mostras, 364 para o App pra Cultura e 361 para o Juventude Vlogueira.
O objetivo da Secretaria do Audiovisual do MinC com os editais do Proav é ampliar o conceito de audiovisual, buscando possibilidades de sustentabilidade de mercado.
Fonte: Assessoria de Comunicação/ Ministério da Cultura