Começa nesta semana a 17ª Mostra Filme Livre – MFL. São mais de duzentos filmes brasileiros programados em diversas sessões, com foco na produção alternativa, marca registrada da Mostra. Um dado interessante sobre os selecionados da edição é que menos de quarenta deles tiveram apoio de editais ou leis de incentivo e trinta são de autoria de estudantes.

Este ano, o CTAv apoia a Mostra com diversos prêmios para as modalidades competitivas. Para os vencedores das sessões Panoramas Livres e Caminhos, concede o empréstimo da câmera SI-2K por uma semana , já para a sessão Longas Livres, premia com 20 horas de serviço de mixagem nos estúdios do CTAv. Além dessas sessões, a Mostra traz mais vinte e cinco outras de caráter não competitivo, com vários especiais, tais como os dos cineastas Olívio Tavares de Araújo, Marcus Curvelo e Jorge O Mourão, em um amplo leque de temáticas.

No campo de formação são oferecidos debates e encontros livres, com destaque para o curso “Cinema e Memória: O uso de materiais de arquivo na produção contemporânea”, com o pesquisador Hernani Heffner (MAM-RJ).  A participação é gratuita e as inscrições são feitas pelo site da MFL.

O evento acontece de 21/03 a 15/04 no Rio de Janeiro, de 22/03 a 16/04, em São Paulo e 24/04 a 20/05, em Brasília. As exibições são realizadas no espaço do Centro Cultural do Banco do Brasil de cada cidade.

Para conferir a programação completa, acesse o site da MFL aqui.

Facebook: Mostra do Filme Livre

Instagram: FilmeLivre