APRESENTAÇÃO

O som é um elemento importantíssimo no cinema, ele não só traz as falas ao espectador, mas também a ambiência e uma significativa carga emocional. Desde o fim do filme mudo, a tecnologia envolvida para otimizar o áudio evoluiu bastante, gerando novas possibilidades criativas. Engana-se quem acredita que o som ouvido hoje nos cinemas é apenas aquele gravado na hora, existe um trabalho altamente complexo que acontece por detrás das câmeras e que deve ser mais conhecido.

Nesta oficina, os participantes aprenderão mais sobre esse interessante elemento, sendo introduzidos aos fundamentos técnicos e tecnológicos envolvidos no processo de sonorização das produções audiovisuais e às diversas etapas que o som perpassa até chegar ao seu resultado final.

OBJETIVO

Transmitir os conhecimentos teóricos necessários para as diferentes etapas do processo produtivo do som.

PÚBLICO- ALVO

Estudantes do ensino médio e superior, profissionais do audiovisual e interessados no tema.

CONTEÚDO

Apresentação

  • Evolução da cinematografia
  • Evolução tecnológica do cinema sonoro
  • Esfera dos conhecimentos

Natureza do Fenômeno Sonoro

  • Geração e Propagação
  • Características

Acústica

  • Absorção
  • Reflexão
  • Isolamento
  • Outros fenômenos

Audição e Psicoacústica

  • Constituição e fisiologia do ouvido humano
  • Características da audição
  • Percepção sonora

Áudio- Produção e Pós-produção

  • Transdução: Microfones, alto-falantes e suas características
  • Amplificação
  • Conversão analógico/digital
  • Monitoração
  • Gravação
  • Processamento
  • Edição
  • Mixagem e Masterização

ORIENTAÇÃO

Edwaldo Mayrink, analista de pesquisa e tecnologia do CTAv. Especializou-se no National Film Board of Canada nas áreas de manutenção, instalação e operação de equipamentos de áudio cinematográficos e atua profissionalmente desde 1975, realizando edições, gravações e mixagens.

INFRAESTRUTURA

Sala com uma mesa e cadeiras no número de participantes, computador, aparelho de TV 29″ ou projetor, caixas de som e equipamentos de gravação básicos.

Obs.:A sala deverá ter o máximo de isolamento acústico para simulação de gravação de ruídos de sala e ajuste de iluminação.

CARGA HORÁRIA

Oficina 20 horas, 4 horas por dia, 15 min pausa.

NÚMERO DE VAGAS

Turma de, no máximo,15 alunos.

CADASTRO DE INTERESSE

INFORME: O CTAv irá montar as primeiras turmas com os cadastrados até a presente data (09/04/2018). As informações sobre datas e horários serão repassadas aos mesmos por email.

A partir de 10/04/2018, o cadastro abaixo permanecerá aberto, porém ficando os interessados sujeitos à viabilidade de abertura de novas turmas. 

CADASTRO: