É com grande pesar que comunicamos o falecimento do cineasta brasileiro Sérgio Sanz, nesse sábado (12/01). Sanz teve ampla atuação no cinema, com importantes trabalhos como assistente de direção, montador, fotógrafo e direção de mais de vinte documentários, ganhando inclusive o prêmio Humberto Mauro de melhor diretor de documentário, concedido pelo governo do antigo Estado da Guanabara.

Foi um dos fundadores da Associação Brasileira de Documentaristas – ABD, presidiu o Sindicato dos Artistas e Técnicos (SATED) e foi diretor do Centro Técnico Audiovisual – CTAv de 1990 a 1995 e, novamente, de 2003 a 2005.Também lecionou como professor na Escola de Teatro Martins Pena, na Universidade Gama Filho e na Escola de Cinema Darcy Ribeiro, contribuindo para a formação de diversos profissionais do segmento.

O CTAv expressa sinceros sentimentos de pesar à família do cineasta e agradece a sua contribuição para o cinema brasileiro.

Filmografia :

Aldeia (1963)
Alcântara, Cidade Morta (1968)
Álbum de música (1974)
Art Noveau, Introdução (1979)
Aldeia de Arcozelo, um Sonho de Paschoal (1988)
Eh! Boi: O bumba meu boi do Maranhão (1989)
Do Mulungu ao Tiridá (1990)
Juan de Almeida Bosque, Comandante de la Revolución (1990)
TBC, a Reabertura do Famoso Teatro Brasileiro de Comédias (1990)
Teatro de Rua no Brasil (1991)
Antônio de Todos os Santos (1995)
Mestre Vitalino e o Alto do Moura (1996)
Caminho das onças (1997)
Carnaval (1998)
Soldado de Deus (2004)
Devoção (2008)