Uma série sobre cinema estrelada por quem faz cinema!

 

Entrevistas inéditas com convidados que atuam nas mais diversas áreas da indústria, para revelar a você os bastidores do audiovisual.

Direção, com Rosane Svartman

Cineasta, roteirista e diretora de TV. Começou a carreira em 1990 dirigindo o curta-metragem “Moleque”. Em 1998, dirigiu seu primeiro longa-metragem, “Como ser solteiro”, e tem no currículo as produções “Mais uma vez amor”, “Desenrola”, “Tainá: a origem”.

Direção, com Irmãos Carvalho

Com uma linguagem própria, Marcos e Eduardo Carvalho decidiram fazer um cinema marcado pelo compromisso com o meio social e urbano. Entre suas obras estão Alegoria da Terra (2015), Boa noite, Charles (2016), e Chico (2016) que concorreu na 2° Mostra de cinema de Tiradentes e no 50° Festival de Cinema de Brasília.

Dir. de fotografia, com Toca Seabra

Diretor de fotografia e operador de câmeras. É responsável pela fotografia de A idade da Terra, de Glauber Rocha, Gabriela, de Bruno Barreto, O Invasor, de Beto Brant. Foi assistente de câmera em algumas produções hollywoodianas como: Orquídea Selvagem, de Zalman King, Anaconda (1996), de Luis Llosa, e Buena sorte (1995), de Tânia Lamarca.

Dir. de fotografia, com Mario Franca

Começou sua carreira como fotógrafo de Still no filme Amazônia Eterna (2012). Entre as produções que já trabalhou estão Memória em Verde e Rosa (2016), Menino 23 – Infâncias Perdidas no Brasil (2016) e Soldados do Araguaia (2017)

Assist. de direção, com Hsu Chien

Trabalhou em mais de 60 longa-metragens, como: Tainá: Uma Aventura na Amazônia (2000), Villa-Lobos: Uma Vida de Paixão (2000), De Pernas pro Ar (2010), Assalto ao Banco Central (2011), Rio, Eu Te Amo (2014), Chatô: O Rei do Brasil (2015) e Elis (2016). Estreou como diretor na comédia Ninguém Entra, Ninguém Sai (2017).

Assist. de direção, com Ana Rios

Começou sua carreira como 2° assistente de direção nos longas “Solteira quase surtando” e “Copa 181. Já trabalhou em vários comerciais, clipes, na websérie “Tech Girls, da Samsung, e na série “Quebrando o Tabu, do GNT.

Sobre o projeto:

 

O Pílulas Audiovisuais é uma realização do Centro Técnico Audiovisual – CTAv, com apoio da PUC Rio e da Naymar Infraestrutura Audiovisual.

O programa reúne uma série de entrevistas com especialistas atuantes nos mais diversos segmentos do audiovisual, que versam sobre os ofícios, as características e dificuldades inerentes, trazendo valiosas dicas e relatos de suas experiências na área.

Tem que estudar muito, mas ao mesmo tempo você tem que deixar um espaço para não fazer só aquilo que já sabe. (…) Solidez de um lado, leveza do outro.”

TOCA SEABRA